6 de jan de 2010

polícia para quem precisa

serra Não sou de postar sobre futebol no meu blog. As relações entre o esporte bretão com políticos existe e as vezes beira escândalos que nos deixam perplexos.

Hoje pela manhã, assistindo ao noticiário, mais um ato de violência atacou os cidadãos de São Paulo, num assalto, motivada pela medo a mulher gritou por socorro e, na tentativa de ajudar, seu irmão também foi baleado e faleceu.(leia a matéria)

Não consigo me acostumar com essas notícias mas lendo meu jornal pela internet vi a seguinte manchete:

“Junto a órgãos públicos, Verdão garante segurança de Vágner Love”.

O presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, informa que recebeu das autoridades a garantia da segurança de seu atleta para trabalhar em paz na temporada 2010. "Falei com o secretário de segurança (Antônio Ferreira Pinto) e com o governador (José Serra). Foram tomadas providências. Posso assegurar que dificilmente vai ocorrer de novo", avisou o dirigente, que foi além. 
"As pessoas precisam entender que a convivência social tem certas regras. Se ocorrer um novo problema, as consequências serão graves, não passará impune", emendou Belluzzo.

Obrigado governador, se não bastasse as suas preocupações que considero fúteis e desnecessárias ao Estado agora não importa mais a segurança do contribuinte, não sei se é do conhecimento do leitor mas o Serra é Palmeirense, e nesta rua onde houve este trágico acontecimento, há um ano, também vitima de um assalto, uma médica foi morta.

É um bom começo para um candidato a Presidente do Brasil, mostra com que realmente se preocupa o Sr. Burns, conhecido por “Carioca da Gema”.

Fica aqui registrada a minha indignação.

contatos, dicas, reclamações, etc… mande um e-mail blog-mail

clique no RSS e saiba antes oque penso!!!

já há um site em construção, faça parte da corrente e ajuda a aprimorá-lo:

http://sites.google.com/site/correntemoral

11 comentários:

Roberto disse...

Feliz 2010 André.

Hefren Consolmagno disse...

Pois é! E assim vamos sendo conduzidos por nossos representantes. E essa palavra se investe de um sentido um pouco maior, se pensarmos que esses políticos (todos, de todos os partidos) se estão em cargos públicos, representam nossos interesses, não nossos protetores ... são nossos procuradores. Estão lá. com régios salários, pagos graças ao nosso rico dinheirinho, para garantir o bem estar que a o conceito de "Estado" nos deveria propiciar. Mas o que acontece sempre é a velha história que Orwell tão propriamente nos mostro na Revolução do s Bichos. Todos somos iguais, mas uns são "mais" iguais. E isso está em todas as esferas, em todos os partidos, é já tradição.

Corrente Moral disse...

Correto Hefren e obrigado pelo comentário, sempre muito conciso.
Concordo com o argumento de “procuradores”. Quanto ao conceito de igualdade, segundo Rui Barbosa em seu discurso Oração aos Moços, resumidamente, o principio de isonomia, todos são iguais até suas diferenças. Creio que contribuinte honesto beira muitas vezes à margem da igualdade e é tratado diferente, pois não faz parte dos interesses.

Um Abraço

André Martins

Marcelo disse...

O Serra esta brincando de politico ja ha muito tempo, está na hora de renovação mas infelizmente não hexiste ninguém que nos inspire a isso

Leandro disse...

O Serra é apenas um representante de como todo e qualquer político da atualidade agiria em seu lugar, de forma totalmente parcial e tendenciosa.

Mas tudo está acontecendo porquê demos poder a eles, demos poder ao político e demos poder aos jogadores de futebol. Assim como damos poder a muitas outras profissões específicas e ainda temos a audácia de reclamar da desigualdade social.

O homem que liga a TV para assistir futebol e a mulher que liga para assistir a novela não têm idéia de quanto estão colaborando para a disseminação de injustiça e desigualdade social. E eles não têm essa noção exatamente porque os homens que estão no poder não têm nenhum interesse em lhes transmitir cultura e conhecimento, preferem que sejam indivíduos providos de poder do voto mas desprovidos do raciocínio lógico e de consciência do poder.

O que podemos fazer é mudar a nós mesmos, nos policiando se em nossas ações não colaboramos para a desigualdade e tentar passar esses valores adiante.

Corrente Moral disse...

Correto Leandro, concordo que as coisas que realmente importam deixamos muitas vezes de lado, damos muita ênfase e poder e, quanto mais poder mais responsabilidade, eles não respeitam e fingem que não são com eles.

Obrigado pelo comentário.

Um Abraço

Matheus disse...

Concordo com o Leandro, as novelas da rede Globo são verdadeiras máquinas que lavam o cerebro do telespectador.

Cadu disse...

Não existe opção nem para governador nem para presidente, tamos fd..

Somente mil idéias disse...

Encantados por uma "pelota"

Política e políticos

Viram anedota

Protegem aquilo que lhes convêm

Fazem a graça, de graça

Num enorme desdém.

Tati disse...

Concordo, político é tudo comédia.

Mari disse...

legal

Postar um comentário

Registre seu comentário (Faça parte desta corrente)

 
;