4 de jul de 2009

IMPOSTO BOM É AQUELE QUE O RICO PAGA!!!!

O Ipea, Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada, divulgou no dia 30 último um estudo mostrando que os brasileiros com renda até 2 salários mínimos, os mais pobres, têm de trabalhar 197 dias do ano para pagar os tributos cobrados pela União, Estados e municípios. Simplesmente este tempo é quase o dobro dos 106 dias exigidos dos brasileiros mais ricos, que ganham mais de 30 mínimos.

Mesmo com a melhor distribuição de renda, o estudo revela que a injustiça tributária aumentou no governo Lula. Em 2004, as famílias mais pobres gastavam 48,8% da renda com impostos. Em 2008, o custo subiu para 53,9%.

Segundo Marcio Pochmann,  presidente do Ipea,  um dos motivos para esse quadro é o grande número de tributos indiretos. "A experiência dos países desenvolvidos aponta a importância da elevação dos tributos diretos, dos impostos sobre a riqueza, e a redução dos impostos indiretos que incidem sobre o consumo básico, alimentação e transporte", disse.

Os novos benefícios tributários concedidos pelo governo Lula para enfrentar a crise financeira podem ainda agravar a situação porque se concentram no investimento. E, mesmo quando voltadas para o consumidor, as desonerações tributárias alcançam produtos mais caros, como automóveis, que não são comprados pelas faixas de renda mais baixas.

O estimulo à Industrias Automotivas através da redução do IPI, tende a reduzir a regressividade do sistema tributário, mas, seria mais justo desonerar a contribuição dos trabalhadores ao INSS. Nem todos os ganhos são repassados ao consumidor, este foi o motivo do desabafo do ausente e presidente Lula que disse que dar dinheiro aos pobres é mais eficaz do que reduzir impostos das empresas.

Tomando por base alguns itens da despesa publica, o governo gasta os tributos recolhidos, segundo ainda o Ipea,  a maior parte vai para o pagamento de juros da dívida da União, Estados e municípios. Os brasileiros gastaram, em 2008, 20,5 dias de trabalho para pagar os juros da dívida pública. Já o programa Bolsa Família, do governo federal, custou 1,4 dia. Os brasileiros precisaram de 16,5 dias de trabalho para pagar as aposentadorias e pensões da área urbana. As aposentadorias dos servidores do Executivo, Legislativo e Judiciário custaram 6,9 dias.

Moralidade também é administrar bem o que os outros o confiaram. 

contatos, dicas, reclamações, etc… mande um e-mail blog-mail

clique no RSS e saiba antes oque penso!!!

2 comentários:

Alison Avila disse...

Creio que um uma melhor distribuição de renda, poderia atenuar um pouco a indignação dos brasileiros quando a essa forma quase que medieval de cobrar impostos... Só que no passado, era facil... Uma galinha ou um porco e tudo certo!

Contudo, tenhamos um pouco de calma... O nosso presidente, antes de presidente, convenhamos não passa de um falastrão! Os senhores feudais também tinham um pouco dessa falastrice mas com um atenuante... Não pagou o imposto, morre!

Parabéns Andre pela clareza na expressão das dados e opiniões! Não pretendo comentar seus artigos sob a luz do humor, mas tenho que admitir, será dificil pra mim. Essa é minha primeira postagem e quero me tornar recorrente no comento.

Alison Avila

PS: não sou petista mas gosto da figura do lula!

Corrente Moral disse...

Obrigado meu amigo, e , como bem dito por você, o Lula é uma FIGURA!!!! Vai virar folclore.

Postar um comentário

Registre seu comentário (Faça parte desta corrente)

 
;