14 de mai de 2010

Cargos de Confiança

politico Antes de outra viagem do Lula, que neste caso cabe o jargão: “nunca na história deste país”, e pior na história da humanidade, um presidente viajou tanto, ele protagonizou mais uma notícia que deixa qualquer eleitor no mínimo decepcionado com as canetadas que o Excelentíssimo nos deixará de legado!
Ele deseja agora aumentar as cotas de nomeação política, funções de Direção e Assessoramento Superior (DAS). Estes que já habitam a estratosfera do absurdo em termos, não só de números, mas também de qualificação para os cargos.
Um levantamento feito pela revista Época (se desejar ler a matéria clique aqui Época) nos mostra o tamanho do absurdo.
Resumindo isso:

  • Existe hoje só na administração direta do Executivo federal uma monumental cota de 25.100 cargos, o presidente deseja aumentar para 31.700
  • Aproveitando os exemplos de países mais maduros, no Estados Unidos o presidente pode nomear apenas 979 funcionários na administração pública. Na Inglaterra são 120, França 450, Alemanha 500.
  • Estes cabides de empregos são divididos entre o PT e seus aliados, PMDB, PP, PTB, PCdoB, PR e PSB, a ordem dos partidos aqui dispostas foi proposital, ela define o nível de grandeza e influência do partido na esfera governista.
Sabemos que o numero excessivo de indicações não quer dizer melhor desempenho da máquina publica, e que abre uma porta para corrupção. Também é importante relatar  que em alguns países desenvolvidos, estas indicações são passiveis de autorização de comissão que avalia a capacidade do indicado em exercer a função.
Essa moeda de troca não é privilégio do governo Lula, mas o numero de cargos aumentou ainda mais em seus oito anos de mandato,  “… nos seus primeiros meses de governo (Lula) promoveu uma substituição de nomes no comando da burocracia, talvez sem precedente na história da República e muitas vezes guiado por razões ideológicas” (Revista Época)
A moralidade sempre tem sido motivo da indignação dos brasileiros, porém é preciso mais do que reclamar do desconforto de ser roubado diariamente nos gabinetes de políticos e seus apadrinhados. Estamos em um momento de mudanças, se acreditamos que o século XXI é realmente do Brasil, façamos bem nossas escolhas!
· "A corrupção na administração pública agora é organizada, quase partidarizada. Uma barbaridade inaceitável." Mário Covas
André Martins

Em números: RAIOX DO TOPO:
clip_image001


mail

8 comentários:

Fernando disse...

É um absurdo o quanto nosso pais consegue ser grande no que diz respeito a corrupção, sempre busca mecanismo para tal.

André Martins disse...

Concordo Fernando, o Brasil é bastante criativo, alguns utilizam essa criatividade de forma produtiva outros para beneficio próprio.

Marcelo disse...

O Slogan do PT deveria mudar: "Brasil, um pais pra poucos!". apesar do numero grande da companheirada é pouco perto dos que precisam da atenção da União.

André Martins disse...

Não disse, o brasileiro é criativo!

Marta disse...

Já era de esperar que a companheirada assumisse cargos mais nem imaginava que seria todos os sindicalistas e corruptos do Brasil!

Carlos disse...

E o PMDB é um partido de "vendidas", apesar que o termo mais apropriado seri outro. Não importa quem esteja no poder desde que eu esteja também, esse é o lema deste partido de cafetões e coronéis que mamaram e mamam em Brasilia.

Matheus disse...

E com isso perpetua seu poder colocando Dilma lá, já era ruim, vai piorar!

Anônimo disse...

cara, que eu num gosto do governo lula é isso. os kras dizem que não gostam de privatizar, tão revivendo a telebrás e criando a petrosal pra ser mais cabide!!! eh foda, mas eh verdade!!!

Postar um comentário

Registre seu comentário (Faça parte desta corrente)

 
;